Blog

Por que prestar atenção em como seu filho utiliza a internet

Cadastre-se

E receba conteúdos exclusivos!

Não é mais novidade. As crianças e adolescentes de hoje em dia crescem rodeadas por gadgets, conectados 24 horas na internet, com redes sociais, jogos, vídeos e um verdadeiro oceano de possibilidades que o mundo virtual proporciona.

Diante desse quadro, é imprescindível que os pais comecem a prestar cada vez mais atenção na maneira que seus filhos utilizam a internet. Todos nós já passamos pelo período de formação e somos capazes de perceber como todo contato, com pessoas, ideias e fenômenos culturais, podem influenciar a constituição de uma pessoa.

Nós da codeBuddy prestamos muita atenção na maneira como a internet pode influenciar o desenvolvimento das crianças e adolescentes. Por isso, separamos alguns dos principais motivos  para os pais observarem com atenção os passos de seus filhos no mundo virtual.

Vamos lá?

Segurança online

Uma das principais dicas em relação a segurança online de crianças e adolescentes é começar a considerar que a Internet não é tão diferente do “mundo real”.

Da mesma forma que crianças são ensinadas a não falarem com estranhos na rua, não aceitarem comida de qualquer pessoa e atravessar a rua olhando pros dois lados, os pais devem conversar abertamente com seus filhos sobre os cuidados necessários para evitar os riscos da internet.

Assim, é essencial que aprendam a não adicionar perfis de anônimos ou fakes no facebook, que tenham cuidado com mensagens de números estranhos no whatsapp e que entendam quais sites são seguros de serem acessados.

Além disso, perfis em redes sociais (especialmente de fotos, como o Instagram), devem ser privados e seguidos apenas por pessoas conhecidas. Uma das maiores dificuldades para a segurança online é fazer que as crianças entendam o limite entre o público e o privado, entre o que mostram e dizem para os outros e o que guardam para si. Ou seja, é preciso que entendam a não fazer online nada que não poderiam no “mundo real”.

Esse é um dos motivos para que os pais prestem atenção em como o filho utiliza a Internet. Participar da vida online dos filhos significa criar uma abertura para o aprendizado.

Os pais, além disso, tem de evitar que seus filhos saibam mais a respeito da internet do que eles. Isso não significa que devem reprimir o aprendizado da criança, mas que devem aproveitar a oportunidade para aprender com elas. Quais canais ela frequenta? O que assiste no Youtube? Que linguagem utiliza?

Tudo isso é muito importante para aproximar a vida online da vida familiar e assegurar a proteção contra os riscos da internet.

Se você se interessa em aprofundar nas dicas a respeito da segurança online, com dicas a respeito de controle à acesso de sites e aplicativos, proteção contra vírus e propagandas e muito mais, acesse nosso ebook Meu Filho Seguro na Internet. É um guia grátis e completo!

Conhecer a criança e aproximar-se dela

As crianças vão crescendo e muitos adolescentes começam a criar seus gostos, suas próprias relações de amizades e os pais podem começar a sentir nostalgia da proximidade que tinham quando eram criancinhas.

Prestar atenção na maneira como seu filho utiliza a internet não é apenas uma forma de controlar seu comportamento, de se assegurar que tudo vai bem, mas também um modo privilegiado de conhecer essa parte essencial da vida da criança ou adolescente.

Os pais podem, por exemplo, parar um tempo para ver quais vídeos o filho(a) andam vendo no YouTube. Muitas crianças são espectadoras ávidas de YouTubers, alguns que também são crianças, que fomentam uma nova onda de conteúdo interativo.

Se você não está acostumado a compreender vídeos de YouTube como conteúdos interativos, ficar um tempo com seu filho ou filha assistindo seus canais favoritos pode ser muito instrutivo sobre como a Internet funciona hoje em dia. E se precisa de uma ajudinha, estamos aqui para isso! Acesse nossos artigos Porque seu filho gosta tanto dos youtubers e 5 coisas que todo pai precisa saber sobre o YouTube e aprenda mais sobre esse universo.

Outra forma muito rica de acessar a maneira como as crianças agem online é prestar atenção nos games que costumam jogar. Os jogos de hoje também são centros de interação online, repletos de chats e comunicações que podem passar insuspeitas sob o olhar de pais despreparados.

Ao passar um tempo com seu filho ou filha, peça para jogar junto, para aprender um pouco sobre como o jogo funciona. Assim, além de se instruir sobre as minúcias da vida virtual, é possível que você se divirta um bom tanto e saiba bem o tipo de atividade que estão fazendo na tela do computador, tablet ou celular.

Sinais de que existe algum problema

Além de entender o uso que fazem da internet, é importante que os pais fiquem atentos a mudanças comportamentais que podem estar associadas à vida online.

As dicas utilizadas acima funcionam bem caso uma relação de proximidade já esteja em curso entre pais e filhos. No entanto, especialmente na adolescência, eles podem começar a ficar mais secretivos e mesmo impedirem os pais de acompanharem a vida online.

É claro que um pouco de privacidade é muito importante para o desenvolvimento da criança ou adolescente, no entanto, excesso de segredo pode ser sinal de algum problema.

O segredo é sintomático especialmente se vir acompanhado de comportamento depressivo. Se esse for o caso, note se a criança ou adolescente sai da internet triste ou preocupada. Isso pode ser sinal de algum tipo de bullying está ocorrendo.

Se você perceber que a criança está demonstrando que se meteu em alguma enrascada que não quer falar, não se alarme. Seja compreensivo(a) e pergunte, se aproxime, preste atenção e aja de uma forma que inspire confiança e não punição.

Por vezes, é justamente o erro que induz ao aprendizado e é importante os pais estejam abertos a aprenderem junto com seus filhos a respeito desse mundo novo que cresce a todo instante.

Por hoje é isso! Preparamos essas dicas com carinho para auxiliar a aproximação das famílias por meio da tecnologia. Se você gosta desse tipo de conteúdo nos deixe saber! Comente abaixo e confira outros conteúdos originais em nosso blog.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *