Blog

Minha filha adora tecnologia: como aproveitar o interesse

Cadastre-se

E receba conteúdos exclusivos!

mulheres na tecnologia

Há uns dez ou quinze anos, pode-se dizer que o mundo da tecnologia era visto como um universo masculino. Nos anos 90, com o surgimento dos computadores pessoais, a computação passou a ser atrelada ao estereótipo do cara nerd, assim como os videogames, que costumavam sempre serem dados de presente para os meninos.

Isso definitivamente não quer dizer que mulheres e garotas não cultivassem interesse por tecnologia ou que não gostassem de videogames. Na verdade, a história da informática é repleta de mulheres incríveis, que foram pioneiras na programação dos primeiros computadores.

Porém, o próprio apagamento da história dessas mulheres, atuantes nos primórdios da informática, é sinal do universo sexista que tomou forma ao redor da tecnologia.

No entanto, estamos no séc XXI e essa realidade começou a mudar. A expansão da tecnologia acompanhou o desenvolvimento de uma libertação das mulheres (advinda do movimento feminista), que aumentou a participação delas no mercado de trabalho. E as crianças — meninos e meninas — não veem mais separação de gênero na hora de brincarem com celulares, tablets e assistirem a seus canais favoritos no YouTube.

São essas meninas, que estão crescendo em um mundo conectado, que serão as novas revolucionárias do mundo da tecnologia no futuro! E isso é sinal de que temos a possibilidade de viver em um mundo mais inclusivo e múltiplo.

A sua filha adora tecnologia? Veja abaixo como aproveitar o potencial!

mulheres na tecnologia

Ensine para sua filha que ela pode atuar na área que tiver vontade

 Mesmo com os avanços dos últimos tempos, ainda vivemos em um mundo tomado pelo machismo. Existe, há décadas, muito preconceito no meio da tecnologia e as empresas estão começando a criar incentivos e programas para modificar essa situação.

A lógica por trás desse preconceito é a mesma que acompanha a formação de meninas e meninos desde muito tempo atrás; elas brincando de boneca e casinha, e eles brincando com carrinhos.

Essa formação faz muitas jovens desistirem ou perderem o interesse de trabalhar em áreas tecnológicas na hora de escolher uma profissão. Para se ter uma noção, na década de 1970 as mulheres formavam 70% dos cursos de ciência da computação. Em 2018, esse número caiu para 15%. (fonte)

Um dos motivos para essa “falta de interesse” das mulheres na tecnologia: o estigma da “coisa de menino”.

É por isso que as mães de hoje devem aproveitar a proximidade natural das crianças com as tecnologias para deixarem claro que as possibilidades delas são muito amplas. O mercado de trabalho de tecnologia envolve um universo em franca expansão: programação, engenharia, funções administrativas em empresas, designers, criação de jogos e até mesmo jogadoras profissionais de games que ganham muito dinheiro em campeonatos!

Se a sua filha adora ficar no celular, tablet ou utilizar um notebook, é possível que a proximidade dela faça crescer um interesse pelos eletrônicos, e isso pode se tornar uma coisa saudável com os incentivos adequados.

No caminho para se tirar esse estigma, as meninas podem compreender que a tecnologia pode ser divertida e muito instigante. A ideia de que a programação é uma atividade muito difícil e enfadonha, por exemplo, é um estereótipo que não condiz com as grandes emoções de se produzir um game ou app, e vê-lo funcionando.

mulheres na tecnologia

A tecnologia pode se tornar uma parceira na educação

 Meninos e meninas podem ser igualmente afetados pela tecnologia de uma maneira positiva. Esse é um assunto que adoramos falar aqui na codeBuddy, e se você quiser saber mais, leia nosso artigo com 3 motivos para ver a tecnologia como aliada na formação de seu filho(a).

Ademais, a educação pela tecnologia pode ser um fator maior ainda no aprendizado da igualdade e do trabalho em grupo.

No ensino de tecnologia, meninas e meninos podem aprender a criar juntos e entender como grandes fatores de desenvolvimento humano acontecem na colaboração. Áreas como a robótica ou inteligência artificial são essenciais no desenvolvimento da humanidade. É importante que esse crescimento seja múltiplo e repleto de presença feminina.

mulheres na tecnologia

Representatividade e senso de grupo

 Muitos pais se preocupam com a presença constante de seus filhos e filhas na internet. E não é à toa, a internet oferece vários riscos e é de extrema importância que os pais se mantenham cientes do que está acontecendo no uso das novas tecnologias pelas crianças. Se você quer entender melhor sobre segurança online, veja aqui algumas dicas sobre esse tema.

Porém, o uso adequado da internet pode ser um verdadeiro ponto de acesso à informação e de interação saudável para as crianças.

Um bom exemplo do impacto positivo da internet pode ser visto na maneira como as redes sociais contribuem para que mulheres do mundo todo possam se encontrar e se organizar para reivindicar seus direitos. Grupos de Facebook e de Whatsapp se tornaram essenciais nesse processo de organização.

Com a presença dos pais, o uso da tecnologia pode ser uma forma das meninas compreenderem que as possibilidades para as suas vidas são enormes. A internet é a maior fonte de informação já criada pela humanidade. São vídeos, documentários e bibliotecas inteiras.

Um exemplo é uma série chamada Project 2, exibida no Netflix, na qual uma garotinha usa seus conhecimentos de ciência e tecnologia para resolver mistérios. Mas mesmo no YouTube, existem meninas de várias idades que se tornam YouTubers e falam com o público da mesma idade sobre seus assuntos preferidos.

O importante é que por meio da internet as meninas podem se conectar com outras com interesses parecidos.

Caso sua filha goste de jogar Minecraft, por exemplo — um jogo de blocos reconhecido por suas capacidades educacionais — é possível que não existam muitas amigas interessadas no assunto, nas redondezas. No entanto, existem servers de Minecraft voltados para famílias.

Essa é uma boa hora de aprender a jogar com a sua filha e ajudá-la a encontrar companhias e contextos que ajudem a desenvolver seus gostos e capacidades.

mulheres na tecnologia

Incentive o aprendizado de tecnologia!

Aqui na codeBuddy, nós prezamos muito por ter salas cada vez mais múltiplas, repletas de meninos e meninas aprendendo a desenvolver suas habilidades por meio da tecnologia. Se sua filha adora tecnologia e precisa de um lugar para desenvolver suas habilidades, venha conhecer o mundo codeBuddy!


programar desde cedo


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *