Blog

4 coisas que você precisa saber sobre a Educação 4.0

Postado em 5 de julho de 2022 - por codeBuddy

O futuro é agora! No dia a dia já vemos os impactos dos avanços tecnológicos em nossas rotinas, além da necessidade de desenvolvermos novas habilidades e conhecimentos constantemente. Isso é só o começo da Revolução Digital, que está gerando uma 4ª Revolução Industrial, em que toda a sociedade vai ser impactada. Até a forma como aprendemos as coisas vão mudar, inclusive já temos até um nome para essa nova forma de aprender: a educação 4.0.

Antes de chegarmos onde estamos já passamos pela:

  • educação 1.0, que tinha um modelo de ensino tradicional individualizado;
  • educação 2.0, que era uma educação mecanizada, focada na decoração de conteúdos;
  • educação 3.0, que inseriu a internet e as tecnologias no aprendizado, modificando a visão de ensino e tornando o conhecimento mais acessível, em que o professor deixa de ser o único detentor do conhecimento.

Quatro crianças em uma escola com modelo de educação 4.0, realizando um projeto em dulpa com um tablet.

A educação 4.0 foi criada para atender às necessidades educacionais das novas gerações e da sociedade. Hoje, inclusive, já se fala na educação 5.0. Aqui na codeBuddy já usamos o modelo 4.0 há alguns anos e estamos antenados nas novidades que estão sendo criadas no modelo de educação 5.0.

Inclusive, convidamos você a agendar uma aula experimental gratuita para o seu filho ou filha. Venha conhecer nossa proposta de ensino de tecnologia e programação para crianças e adolescentes! 🧡

Garantiu a aula experimental? Então vem com a gente saber neste artigo tudo que precisa sobre a educação 4.0. Aqui vamos responder às questões:

  1. O que é essa forma de ensino?
  2. O que muda na prática?
  3. Quais as vantagens?
  4. E quais são as habilidades desenvolvidas?

1 – O que é a educação 4.0?

Num resumo geral: a educação 4.0 é uma nova forma de ensinar. Assim como os seres humanos evoluem, a nossa sociedade e as suas instituições também vão se desenvolvendo e se aprimorando ao longo dos anos.

A educação 4.0 chega com a intenção de suprir as necessidades da Indústria 4.0, ou seja, a 4ª Revolução Industrial, que vem acontecendo devido aos avanços tecnológicos, como: a  Internet das Coisas (IoT), inteligências artificiais, processos automatizados e as comunicações digitais.

 Robô Asimo, da Honda, colocando café em um copo

Em um mundo onde o digital faz parte do dia a dia, ter uma alfabetização digital e desenvolver a Inteligência Artificial é fundamental. Sendo assim, a educação 4.0 visa trazer o digital e as tecnologias para dentro das salas de aula, alinhando o conhecimento e as novas possibilidades de inovação que surgem neste dia a dia entre humanos e máquinas.

É uma nova forma de educar que quer impactar positivamente não só professores e alunos, mas também trazer benefícios para a sociedade futuramente.

2 – O que muda na prática com a educação 4.0?

Para termos uma educação 4.0 efetiva, precisamos de escolas equipadas com computadores e uma internet de alta velocidade para que todos os funcionários e estudantes possam utilizar. Contudo, isso não é uma realidade em todas as escolas brasileiras.

De acordo com as tabelas abaixo do Censo Escolar de 2021, 15% das escolas de ensino médio do país não têm acesso à internet banda larga, enquanto que quase 50% das escolas de ensino fundamental brasileiras não têm disponibilidade de internet para ensino e aprendizagem.

Muito precisa evoluir, tanto que empresas de tecnologia como Samsung, Lenovo e Apple investem na educação 4.0 ao viabilizarem equipamentos para instituições de ensino. Apesar do longo caminho pela frente, a educação 4.0 já começou a acontecer com as metodologias ativas de ensino e a gamificação na educação, que geraram mais engajamento nas salas de aula e colocaram mais foco no aluno como protagonista do seu ensino.

Além do uso de tecnologias na hora de ensinar, a educação 4.0 também traz novos conteúdos relacionados à alfabetização digital e tem como principal conceito o Learning By Doing (aprender fazendo). Diferente do ensino tradicional onde o professor fazia um ensino unilateral sobre os conteúdos, no Learning by Doing a absorção de conteúdo e o desenvolvimento de habilidades vem pela experimentação e um processo de educação compartilhado entre professores e alunos.

Alunos em uma sala com computadores interagindo com a professora.

3 – Quais as vantagens da educação 4.0?

O conceito Learn by Doing pode soar estranho à princípio, mas ele visa engajar o aluno no seu próprio aprendizado e torná-lo mais independente  em sua educação, o que é vantajoso para nossa sociedade que demanda o desenvolvimento de novas habilidades e conhecimentos constantemente. Hoje precisamos cada vez mais aprender a reaprender e desaprender!

De acordo com um estudo de docentes da Universidade do Sul da Califórnia, nos EUA, uma habilidade profissional hoje tem uma meia vida de 5 anos. Sendo assim, ela perde metade do seu valor de 5 em 5 anos.

Além dessa vantagem de autonomia no aprendizado, outras vantagens da educação 4.0 são:

  • Ter a educação se desenvolvendo junto com a indústria e as tecnologias,
  • Possibilitar um ensino remoto ou híbrido de qualidade,
  • Aumentar o interesse dos alunos pelo conhecimento,
  • Estimular a troca de conhecimento entre alunos,
  • Fortalecer a interação dos professores com os estudantes,
  • Promover atividades cada vez mais interdisciplinares,
  • Desenvolver habilidades alinhadas com o que é pedido no mercado de trabalho,
  • Usar as novas tecnologias para melhorar técnicas de ensino e aprendizado,
  • Maior conectividade de sistemas e plataformas para uma educação mais integrada,
  • Possibilitar que novos conhecimentos e técnicas cheguem mais rápido dentro das salas de aula.

Tendo em vista os avanços notáveis da educação e o modelo de educação 5.0 que está em criação, essas são só algumas possibilidades. Aguardamos ansiosamente pelas reflexões e inovações que estão por vir!Animação de um homem com fones de ouvindo mexendo em um computador de alta tecnologia com duas telas, onde ele analisa gráficos.

 

4 – Quais são as habilidades desenvolvidas na educação 4.0?

A Revolução Digital gerou uma nova perspectiva de relação com o mundo, a sociedade e o trabalho. Durante a pandemia de Covid-19 em 2020, por exemplo, vimos o crescimento acelerado do ensino à distância e dos trabalhos remotos. Tudo isso impacta nas habilidades que precisamos ter e desenvolver.

Nessa nova lógica social, a educação 4.0 vai desenvolver e estimular:

  • 💙 Competências socioemocionais, como:
    • empatia e colaboração;

  • 🎨 Soft skills, como:
    • criatividade
    • resolução de problemas 
    • empreendedorismo

  • 🤖 Aptidões tecnológicas, como:
    • uso de linguagem de programação
    • automações de diversos tipos
    • uso de inteligências artificiais
  • 👨‍💻 Habilidades para interpretação de um grande volume de dados, como:
    • curadoria
    • lógica
    • matemática

  • 💬 Capacidades de comunicação, como:
    • oratória
    • comunicação em massa
    • colaboração online
    • consciência do nosso rastro digital, que deixamos com os conteúdos publicados.
  • 💻 Competências relacionadas à Inteligência Digital, como:
    • segurança online
    • direitos no mundo digital
    • inteligência emocional na era digital
    • uso saudável das tecnologias.

Todas essas habilidades importantes para o presente e o futuro da educação são provenientes do desenvolvimento da nossa sociedade perante o avanço das novas tecnologias. O futuro já começou! Abra as portas para o desenvolvimento das crianças e agende com a gente uma aula experimental gratuita de programação e tecnologia! 🧡

Compartilhe esse texto

Tags: , , , ,

< Blog >

Outros artigos

6 competências que ensinamos na codeBuddy sobre segurança na internet

6 competências importantes para segurança na internet

4 coisas que você precisa saber sobre a Educação 4.0

4 coisas que você precisa saber sobre a Educação 4.0

O que é metaverso e qual a sua relação com a educação infantil?