Blog

Empreendedorismo, inovação e o novo normal

De acordo com a Organização Mundial da Saúde, o combate à COVID-19 é o maior desafio da humanidade desde a Segunda Guerra Mundial. De uma hora pra outra, tivemos de nos adaptar a uma realidade totalmente diferente, mudando nossos hábitos, cotidiano, forma de interagir, trabalhar, aprender e ensinar.

Ainda é prematuro falar sobre os efeitos da pandemia sobre nosso futuro, mas é certa a percepção de que nossas vidas não serão as mesmas quando essa situação “passar”.

Junto a essas mudanças, temos ouvido muito sobre o novo normal, termo criado em 2009 pelo economista americano Bill Gross para se referir ao período de crescimento lento que o mundo todo iria enfrentar nos anos seguintes. Empregado em uma nova realidade, o novo normal de hoje se baseia na transformação de antigos hábitos, modificados pela pandemia e impulsionados pela tecnologia.

Neste cenário de desafio coletivo, a revolução tecnológica teve papel fundamental para a continuidade da vida em sociedade. Apesar do isolamento e de todas as medidas de contenção do novo coronavírus, os meios digitais possibilitaram o trabalho remoto, o ensino a distância, o relacionamento com amigos e familiares por meio dos aplicativos de mensagens e vídeos, entre outros recursos.

Mas a pandemia também ligou o sinal de alerta para a recessão econômica que está por vir. Segundo o Fundo Monetário Internacional, estamos caminhando para a crise mais aguda deste século e uma das principais consequências será o desemprego. Desta forma, o empreendedorismo e a inovação ganham lugar de destaque no novo normal como soluções para um futuro próximo.

Neste artigo, vamos entender a necessidade e os benefícios do ensino empreendedor para as crianças e jovens diante de um mundo repleto de incertezas.

Continue com a gente!

Pessoa olhando para um notebook e escrevendo em um bloco de papel.

A vida pós-pandemia e o novo normal

Se você está acostumado a ler os nossos conteúdos, viu como a quarentena acelerou o processo de transformação digital no mundo. Quem ainda não estava preparado para usar as diferentes ferramentas tecnológicas que surgiram nesse momento teve de se adaptar rapidamente para continuar suas atividades.

Além dessa evolução tecnológica, outros dois importantes fatores se destacaram: a humanização e a responsabilidade social. Governos, organizações, instituições e empresas que tiveram essa preocupação em suas ações durante a pandemia ganharam relevância e o apoio da opinião pública.

Assim como quase todos os outros setores, o educacional teve de contornar muitos desafios. Escolas, gestores, professores, pais e alunos precisaram unir forças para não perder o ano letivo, e isso mostrou o quanto a coletividade é importante em momentos como esse. Leia mais sobre as 5 consequência positivas da pandemia para a educação neste outro artigo.

Mãos anotando em um quadro branco.

Empreendedorismo e inovação como soluções no novo normal

“O novo normal na economia para quem tem quase nada é abrir um negócio. O empreendedorismo é o novo normal.” A frase é do publicitário Flávio Weitman e, apesar de ter sido dita em 2015, ilustra bem o momento atual.

Em um cenário onde as taxas do emprego formal caem constantemente, empreender se apresenta como uma grande solução para as economias brasileira e mundial. No entanto, esse conceito pode ir além de abrir um negócio, à medida que contribui efetivamente para a sociedade criando novas possibilidades e ferramentas para esse novo normal.

Como você já deve ter lido por aqui, a inovação é o processo de criar novas soluções a partir de um novo olhar para problemas conhecidos. A maioria das mudanças ocorridas nos últimos séculos é fruto da inovação, que faz parte do cotidiano da sociedade atual.

Até pouco tempo atrás, por exemplo, o trabalho e a escola eram inimagináveis fora dos muros dos escritórios e salas de aula. Entretanto, a situação de crise estimulou soluções criativas para antigos problemas, que só foram possíveis por conta da inovação e evolução tecnológica.

Veja também como a programação, ensinada aqui na codeBuddy, está diretamente ligada com o empreendedorismo nos dias de hoje. A seguir, confira como o ensino empreendedor pode fazer a diferença no futuro do seu filho!

Criança segurando um mapa.

Benefícios do ensino empreendedor para as crianças

Quando falamos sobre empreendedores, é natural associarmos a pessoas inovadoras, que tiveram grande ideias e são reconhecidas pelo seu sucesso. É claro que temos muitos exemplos para ilustrar essas figuras, mas todas elas têm os seguintes fatores em comum: disciplina, persistência e ousadia.

No entanto, o empreendedorismo vai além. Está baseado na criatividade, na liberdade de experimentar diferentes caminhos e acreditar que aquela ideia ou sonho podem ser possíveis.

Veja a seguir 7 benefícios de aprender sobre empreendedorismo na infância:

1 – Estimula a criatividade

Normalmente, as crianças são marcadas pela imaginação fértil e criatividade. Em seus fantásticos mundos particulares, acreditam ser capazes de realizar qualquer atividade sem levar em conta os obstáculos à sua volta.

Quando estimulamos as crianças a executarem essas ideias, tendem a amadurecê-las e, posteriormente, colocá-las em prática. Ainda que não de forma imediata, esse pensamento empreendedor favorece que elas desenvolvam aquilo no futuro.

Criança construindo torre com blocos de madeira.

2 – Ensina o valor da autonomia

Em poucas palavras, empreender significa ousar. Pensar fora da caixa, arriscar e transformar em realidade um grande sonho ou desejo de profissão. No entanto, durante o processo é preciso compartilhar essas ideias inovadoras, sabendo que elas podem ser bem aceitas ou não, e que torná-las realidade depende dessa aprovação.

Ao aprender sobre empreendedorismo, crianças e jovens criam uma postura de autonomia, buscando soluções para seus problemas e ideias a fim de serem validadas e postas em prática. Possuir essa habilidade desde cedo facilita seu caminho para o sucesso, seja em sua vida particular ou profissional.

Jovem com mochila nas costas e livros na mão.

3 – Valoriza a responsabilidade

O empreendedorismo em si tem um caráter de inovação, persistência e responsabilidade. Por isso, o ensino empreendedor tem como característica inserir, aos poucos, pequenas responsabilidades na vida das crianças, com as quais elas devem lidar no seu cotidiano.

Desta forma, serão incentivadas a errar, aprender com o erro e não desistirem logo na primeira tentativa. Além de desenvolverem a capacidade de lidar com futuras e mais complexas obrigações, as crianças aprendem contornar possíveis obstáculos. Assim, desenvolvem habilidades de planejamento e confiança para a resolução de problemas complexos e tomada de decisões.

Mesa com notebook, mochila e um caderno aberto.

4 – Pratica a organização

É verdade que a maioria das crianças têm dificuldades de se organizar e dependem muito dos pais e responsáveis para isso. Conciliar lazer, deveres de casa e atividades atividades extracurriculares, assim como definir suas prioridades, não são tarefas tão simples para os pequenos.

Por isso, o ensino do empreendedorismo para crianças pode ser um divisor de águas quanto à organização de sua rotina. Ao serem envolvidas em projetos com etapas e prazos a serem cumpridos, elas precisam estabelecer pequenas metas e respeitar “as regras do jogo”.

Sem dúvidas, isso irá mudar a forma como a criança ou jovem se planeja, influenciando na organização de todas as tarefas do seu dia a dia.

Vaso com planta crescendo em meio a moedas.

5 – Instrui sobre a importância do controle financeiro

Falar e ensinar sobre empreendedorismo pode ajudar as crianças a desenvolver uma noção sobre o que é o dinheiro e como lidar com as finanças.

Crianças que crescem sem noção alguma sobre empreendedorismo e dinheiro tornam-se adolescentes sem controle sobre os seus ganhos. No futuro, estes terão maior dificuldade com suas finanças. 

Aqui na codeBuddy o empreendedorismo tem lugar de destaque no ensino de tecnologia para crianças e jovens. Aliado a metodologias inovadoras, aplicamos o conceito em nossas aulas e damos aos alunos todas as ferramentas necessárias para desenvolver o pensamento empreendedor em seus projetos.

Quer saber como podemos preparar o seu filho para os desafios de agora e do futuro? Ele pode começar a programar agora mesmo em nosso curso gratuito Start to Code. Aproveite! Vagas limitadas.

< Blog >

Outros artigos

O ensino de tecnologia para crianças e jovens no mundo

Dicas para celebrar a amizade à distância

6 benefícios da transformação digital na educação