Programação para crianças

Quando o excesso de tecnologia começa a ser prejudicial

Cadastre-se

E receba conteúdos exclusivos!


I hurried into 300-208 dumps the local department store to grab1 some last minute Chirsmas gifts. I looked at all the 210-260 PDF people and grumbled2 to 210-260 PDF myself. I would be in here forever and I just had so much Prepexamwell to do. Chirsmas was beginning to become such a drag. I kinda wished that I could just sleep through Chirsmas. But I hurried the best I could through all the people to the toy department. Once again I kind of mumbled3 to 300-208 pdf myself at the prices of all these toys, and wondered 300-208 exam questions 300-208 pdf if the grandkids would Prepexamwell even Prepexamwell play Prepexamwell whit4 them. I found myself in the doll aisle5. Out of the 300-208 dumps corner of Microsoft 70-533 Dumps my eye 300-208 pdf I saw a little Prepexamwell boy about 5 holding a lovely doll.He kept touching6 her hair and he held her Prepexamwell so Microsoft 70-533 Dumps gently. I Learningpdf could not seem Prepexamwell to 300-208 vce help myself. I just kept loking Learningpdf 210-260 PDF over at the 300-208 vce little boy and wondered who the doll Prepexamwell 300-208 pdf 300-208 exam questions was for. I watched him turn to a woman and he called his aunt by name Microsoft 70-533 Dumps and said, “Are you 300-208 pdf sure Microsoft 70-533 Dumps I don’t have Learningpdf enough money?” Microsoft 70-533 Dumps She replied a 300-208 dumps bit impatiently, “You know that you don’t have enough money Microsoft 70-533 Dumps 300-208 dumps for 300-208 dumps it.” The aunt told the little boy not to go anywhere that she 300-208 exam questions had to 300-208 vce go and get some other things and would be back in a few 210-260 PDF 300-208 exam questions minutes. Learningpdf And then she Microsoft 70-533 Dumps left 210-260 PDF the aisle. The boy continued to hold 300-208 pdf the doll. After a bit I asked the boy who the doll was for. He said, “It is the doll my sister wanted so badly for Chirsmas. She just knew that Prepexamwell Santa would bring Microsoft 70-533 Dumps it. “I told him that maybe Santa was going to bring it 300-208 dumps . He said, 300-208 exam questions “No, Santa can’t go where my sister Learningpdf is…. I have to give the doll to my Mama to take to her. “I asked him where his siter was. He looked at me with the saddest eyes and Prepexamwell said, “She was gone to be with Jesus. 210-260 PDF

My 300-208 exam questions Daddy says that Mamma Microsoft 70-533 Dumps 300-208 pdf is going to 210-260 PDF have to go be with her.” My heart nearly stopped beating. Then 300-208 dumps the boy 210-260 PDF looked at me again 300-208 vce and said, “I told my Daddy to tell my Mama not to go yet. 300-208 pdf I told him to tell her to wait Microsoft 70-533 Dumps till I 300-208 vce got back from the store.” Then he asked 300-208 exam questions me if i wanted to see his picture. 300-208 vce I 300-208 vce told him I’d love to. He pulled out some picture he’d had taken at 300-208 pdf 300-208 exam questions the Learningpdf front of the 300-208 pdf store. He said, “I 300-208 vce Learningpdf want my Mama to take this with her so the Learningpdf dosen’t ever forget me. 300-208 exam questions I love my Mama 300-208 pdf so very much Learningpdf and 210-260 PDF Learningpdf I wish she dind not have to leave me.But Daddy says 300-208 dumps she will need to be with my Prepexamwell 300-208 vce sister.” I Microsoft 70-533 Dumps saw that 300-208 vce the little boy had lowered his head and had grown so qiuet. While he was not looking I reached 210-260 PDF into my purse and pilled out Learningpdf a handful 210-260 PDF of bills. I Microsoft 70-533 Dumps asked the little boy, “Shall we count that miney one 210-260 PDF more time?” He grew excited and said, “Yes,I just know 300-208 vce it has to Learningpdf 300-208 dumps be enough.” Microsoft 70-533 Dumps So I slipped my money Prepexamwell in with Microsoft 70-533 Dumps his and 300-208 vce we 300-208 exam questions began to 300-208 exam questions count it . Microsoft 70-533 Dumps Of course it was 300-208 exam questions plenty for the Prepexamwell doll. He softly said, “Thank you Jesus for giving me enough 300-208 exam questions money.” Then the boy said, “I just asked Jesus to give me enough Learningpdf money to buy 300-208 dumps this doll so 300-208 vce Mama can take 300-208 exam questions it with her to give my sister. And he heard my prayer. I wanted to ask 300-208 dumps him give for enough to buy my Mama a white rose, but 300-208 pdf I didn’t ask him, 300-208 dumps but Microsoft 70-533 Dumps he gave me enough to 300-208 dumps buy the doll and Prepexamwell a rose for my Mama. She loves white rose so much. “In a few minutes the aunt came back and I wheeled my cart Learningpdf away. I could not keep 210-260 PDF from thinking about the little boy as I finished my shoppong in a ttally different spirit than 300-208 vce 300-208 exam questions when I 300-208 pdf had started. And 210-260 PDF Prepexamwell I kept remembering a Learningpdf story I 210-260 PDF had seen in the newspaper several days earlier about a drunk driver hitting a car and killing7 a little girl and the Mother was in serious condition. The family was deciding on whether to remove the life support. Now surely this little Learningpdf 210-260 PDF boy did not belong with that story.Two days later I read in the paper where Prepexamwell the family had disconnected the life support and 300-208 pdf the young woman had died. I could not forget 300-208 exam questions the little boy 300-208 dumps 300-208 dumps and just kept wondering if the two were 300-208 vce somehow connected. 300-208 vce Later that day, I could not help myself and I went out and bought aome white roses and took them to the funeral home where the yough woman was 300-208 dumps .And there she was holding a lovely white rose, the beautiful doll, and the picture of the little boy in the 300-208 pdf store. I left there in tears, thier life changed 300-208 pdf forever. The love that little boy had for his little sisiter and his mother was overwhel. And in a split8 second a drunk driver had ripped9 the life of that little boy to pieces.

Quando o excesso de tecnologia começa a ser prejudicial
  • Save

A sabedoria popular afirma que tudo em excesso pode se tornar um problema. Podemos dizer o mesmo a respeito da intensa presença da tecnologia em nossa vida cotidiana. O risco é acentuado especialmente para as crianças e adolescentes que estão crescendo totalmente conectadas na internet.

Estamos chegando a um ponto no qual até mesmo questionar a presença da internet já se torna um pouco absurdo. Afinal, mal conseguimos nos lembrar com clareza que há algumas décadas era impossível comunicar-se com todo mundo pela distância de alguns toques em uma tela.

Se a tecnologia tem o poder de envolver em todos os nossos movimentos, desde a hora em que acordamos até o momento em que vamos dormir, como podemos detectar quais limites estão sendo ultrapassados?

Pensando nisso, a codeBuddy reservou algumas reflexões sobre o tema. Abaixo você encontrará alguns sintomas de excesso do uso da tecnologia e sugestões de como positivar essa relação.

Quando o excesso de tecnologia começa a ser prejudicial
  • Save

O tempo que a tecnologia consome no dia a dia

Segundo observações de estudos feitos nos EUA a respeito dos efeitos do excesso de internet no dia a dia das crianças, o problema não está necessariamente no tempo despendido online, mas no tempo “olhando para a tela”.

Isso ocorre quando se torna corriqueiro o ato de pular a todo momento de uma tela para a outra. É sair do celular para ver TV, da TV para um laptop, do laptop para um tablet e assim sucessivamente.

Parte desse problema decorre da própria configuração das redes sociais. A chamada “barra de rolagem infinita” — com o auxílio de algoritmos que selecionam e variam o conteúdo — tornou-se uma ferramenta para garantir que seja muito difícil parar de descer infinitamente na busca por um oceano de conteúdo.  Se você já se pegou fechando o app do Facebook ou Instagram para abri-lo logo em seguida, entende o que quero dizer.

Se isso afeta adultos no mundo todo, imagine as crianças — que também são levadas pelo apelo visual de jogos e outras formas de interação online. É estimado que pessoas entre 8 e 28 anos passam mais de 44 horas semanais olhando para as telas de seus gadgets.

Por isso, é importante prestar atenção para sinais de vício e criar formas para usar a tecnologia de maneira mais consciente, sem cair em mecanismos inventados para grudar nossos olhos em qualquer tipo de tela.

Quando o excesso de tecnologia começa a ser prejudicial
  • Save

Como resolver o excesso de tecnologia

Existem muitas maneiras para se melhorar o desperdício de tempo online, mas todas exigem um pouco de força de vontade e foco. Com as crianças e adolescentes, é o caso de estabelecer limites para o uso e ter conversas esclarecedoras. Além disso, é importante oferecer opções para que a relação delas com a tecnologia se torne mais positiva, ou até mesmo uma aliada na educação de seu filho(a).

A maneira mais eficaz para melhorar esse tempo é diminuir drasticamente o período gasto em redes sociais. Para isso, algumas opções oferecem bons resultados: substituir os ícones de redes sociais da primeira página do celular por apps de produtividade, instalar apps capazes de limitar o acesso a redes sociais e determinados aplicativos, além de manter um registro do tempo gasto online.

Quando o excesso de tecnologia começa a ser prejudicial
  • Save

Tecnologia como forma de evitar o “mundo real”

A vida escolar pode ser muito complexa para crianças e adolescentes. É uma socialização intensa, cheia de proximidades, alterações de humor, ao mesmo tempo que tudo está começando a se desenvolver no corpo e na mente.

No meio dessa transição difícil, muitos(as) adolescentes começam a utilizar o mundo digital para se desviarem da realidade, ao invés de expandirem as suas percepções de mundo.

O problema é que, nesse período, especialmente entre 15 e 17 anos, certa rebeldia e dificuldade de comunicação podem ser vistas como normais. É por isso que a atenção ao uso da internet deve ser redobrada.

Se você perceber alguns dos seguintes comportamentos, é sinal de que o excesso de tecnologia está se tornando prejudicial:

  • A pessoa se irrita exageradamente quando qualquer atividade realizada na frente de uma tela é interrompida;
  • A pessoa está ganhando peso e parece não se importar com a própria saúde;
  • A pessoa se sente deprimida, ansiosa ou irritada quando não pode acessar a web.

Quando o excesso de tecnologia começa a ser prejudicial
  • Save

Como lidar com esses sentimentos

Como vimos, o problema não é utilizar a internet, mas sim o seu excesso. A criança ou adolescente precisa ter tempo e disposição para fazer atividades que não sejam praticadas apenas sentadas diante de uma tela.

Uma pesquisa publicada na revista Forbes recentemente, identificou que ficar por muito tempo olhando para uma tela pode ter efeitos prejudiciais ao cérebro. O que ocorre é um empobrecimento das conexões ligadas a linguagem e cognição.

Uma saída para esse problema é sempre incentivar que crianças e adolescentes leiam livros, uma atividade que leva a resultados oposto. Além disso, incentivar atividades físicas como a prática de esportes, dança, yoga ou lutas, ajuda o jovem a desenvolver maior apreço pela vida fora das telas.

Quando o excesso de tecnologia começa a ser prejudicial
  • Save

A tecnologia não é nossa inimiga se usada de maneira equilibrada

Nós da codeBuddy acreditamos que a tecnologia pode ser uma grande aliada na educação, especialmente de crianças e adolescentes que desejam criar um engajamento ativo com esse universo.

Se seu filho ou filha não quer desgrudar de seus gadgets, talvez seja o caso de incentivar um uso mais profundo e supervisionado deles, quem sabe até mesmo começar uma preparação para uma carreira profissional. Sabemos que o futuro está nesse novo meio de comunicação.

Áreas como programação de computadores, robótica e desenvolvimento de jogos, ajudam na criação de uma relação diferente com a tecnologia e podem resultar em soluções inovadoras para nossa sociedade.

Entenda o que mais a programação nessas fases iniciais pode fazer pelo seu filho no nosso e-book sobre programar desde cedo.